sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Resumo de Outubro

Oi, gente! Como é que vocês estão? Ando com uma saudade absurda de escrever por aqui e apesar de saber que QUALQUER COISA pode virar uma boa história, eu meio que não sei trabalhar quando estou na inércia. Minha universidade passou quase cinco meses de greve e eu apenas resolvi me afundar numa piscina sem boias, sem nada. Isso significa que não fiz nada intelectualmente proveitoso e só agora eu comecei a pensar que eu poderia ter feito um curso no senai, aprendido a mexer em uns programas, ter chegado pelo menos à metade da tradução de tcc, mas está mais do que claro não fiz nada disso. Aí agora, com a universidade a mil (2000 trabalhos), resolvi que seria o melhor momento pra escrever porque, veja bem, eu não tenho tempo nenhum. RISOS. É assim que eu funciono. 

Bom, outubro foi um mês louco e já começou mexendo com todas as minhas estruturas. Meu ex voltou a ser meu namorado, por exemplo. Ele veio pra cá e a gente conversou sobre as nossas tretas e vivemos duas semanas lindas, dignas de filme. Minha mãe amou ele e os amigos dela também. Meus amigos não se manifestaram (beijo, Lila, só você <3) e uma das minhas melhores amigas simplesmente decidiu cortar o contato comigo POR CAUSA DISSO. Gente? Até agora tô ofendida. Não sei lidar com IMPOSIÇÃO DE PENSAMENTO. Passei semanas me corroendo por dentro porque o mundo todo (menos minha mãe) resolveu dizer NÃO FALE COM ESSE BOSTA, sendo que eu sentia que precisava falar porque uma coisa é você conversar pela internet e ter um término brusco por nada, outra coisa é você terminar com a pessoa olhando na cara e vendo que não tinha ambiguidade nenhuma no que ela tá dizendo, sabe? Dei outra chance pra ele e não me arrependo. Não foi algo simples. Teve muita choradeira de AMBOS os lados. Era ele chorando why you don't love me e eu chorando dizendo i don't know if it's right. Foi foda. 


Mas tirei boas lições dessa história toda e prometo pras migas que nunca mais envolvo elas na minha fossa. Eu sei consumir as pessoas com esse assunto. Desculpa mesmo. Vendo por essa ótica eu entendo a revolta da minha amiga, mas não acho que seja motivo pra parar de falar e sim um motivo para dizer "amiga, tá ficando chato". Ia ficar revoltadinha no início, mas ia ver que ela estava certa.

Depois desse reboliço todo, comecei a ver vários covers de pessoas tocando ukulele. Gente, ukulele <3 Melhor som. Vou deixar a contribuição aqui de uma francesinha que gosto muito.


Ainda nesse mês comecei a ler vários livros e não terminei nenhum. Atualmente tenho me entretido muito com A redoma de vidro da Sylvia Plath e um livro de poesia do Bukowski. Acredito que eu vá terminá-los porque quando a vida tá caótica (como agora), acho de bom tom aumentar a quantidade de coisas que tenho que fazer. Comecei a assistir um seriado MARA sobre bruxas e tô viciadíssima. Chama-se As Bruxas de East End. Amor define. Estava com saudade de me envolver tanto com uma série.

Visitei alguns pontos turísticos da minha cidade, bebi muita cachaça, fui feliz, comecei a 182379721321 dieta e agora estou pirando com a UFS. Outubro foi um mês bom (já novembro me deixa com medo). Cheio de coisas que me surpreenderam e que me deram de novo o prazer de me sentir útil na vida. Acho que até posso prometer mais posts. Dois por semana, o que acham? 

5 comentários:

  1. faz alguns bons séculos que não me pego lendo um diário na internet, nossa que falta eu sentia disso, de ler algo de alguém, tão íntimo e ao mesmo não tão sério. Ultimamente estou bastante apaixonado por isso, acho que vou voltar aqui mais vezes para ler seu conteúdo, seja desgraças seja felicidades, desejo tudo de bom pra você, hihi, bem não se arrependa em dar chances às pessoas, elas merecem e só faça quando você estiver com vontade, quebre a cara se for necessário, é bom, viver é amar, mas também é sofrer. Peso da balança.

    Beijos, www.setecoisas.com

    ResponderExcluir
  2. fico feliz por você e pelo seu namorado (??) ahahah tipo, não sei da missa a metade, então não posso realmente opinar, mas era ruim ver que tu tava mal e é bom ver que tu tá bem agora. :)

    que bom que outubro foi um mês cheio e bom. tomara que novembro também seja. beijo e boa sorte!!!

    ResponderExcluir
  3. <33333333333333333333 que bom que se resolveram miga!
    não entendo essas amigas que cortam relações se não fazemos o que elas acham certo, tenho preguiça e nem um pouco de paciência pra essas coisas hahaha /revoltada

    Espero que novembro seja bom pra nós duas, e boa sorte com a facul! <3

    beijo!

    ResponderExcluir
  4. Me identifiquei 117% com o primeiro parágrafo do texto hahahah passei a greve inteira criando teia em cima de uma cama, enquanto podia estar postando no blog (BEDA, que é isso?) e agora que ela terminou, voltei a escrever. Vai entender.

    Owwwwn <3 Fico muito feliz por você. Não conheço a história de vocês, mas me considero uma pessoa muito "pró-casal", então acho lindo ver casais se acertando hahah felicidades!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  5. Só errando, eu aprendi que não devemos envolver tanto assim nos amizades nos nossos relacionamentos. Porque nem todo mundo entende, que só cabe a gente decidir o que é o melhor para a gente no momento.
    Espero o melhor para você!
    Inclusive, venho por meio deste comentário te atualizar sobre a minha vida amorosa: enfim, terminei o meu namoro!

    ResponderExcluir

Impressões sobre "Um dia"

Depois de muita resistência da minha parte, consegui terminar de ler o livro "Um dia" do David Nicholls. Antes de tudo, gostari...