sábado, 11 de abril de 2015

Das verstehe ich nicht!!!!!

Quando digo para as pessoas que morei na Alemanha, instantaneamente elas me pedem pra dizer alguma frase em alemão. Sempre digo "Ich spreche kein deutsch" que significa "eu não falo alemão" porque verdade seja dita: eu não falo mesmo. Ao dizer que não aprendi a língua mesmo morando seis meses fora, as pessoas fazem uma cara meio chocada e outras inclusive me deram sermão por eu não ~ter me dedicado~. Gente, não foi questão de dedicação. Eu trabalhava com vinte brasileiros e uns gatos pingados alemães (tipo cinco deles), então mesmo que eu quisesse, pra aprender a língua eu teria que ter uma puta duma imersão dentro de um meio só com alemães, não acham? Aprendi coisas simples do dia a dia tipo pedir um café com açúcar na rua ou dois pães pra levar pra casa e só. Pra não dizer que não aprendi outra coisa, aprendi palavrões (sempre) e a perguntar onde estavam a cocaína e as putas, mas isso não vem o caso.

Então depois de muito pensar nas portas que essa língua poderia abrir pra mim na minha área de atuação e um pouco influenciada pelas pessoas ao meu redor, decidi que iria aprender alemão. Fui num curso de alemão que tem aqui na minha cidade, conversei com os donos e decidi que ali seria o melhor lugar. Antes eu tinha medo até de encarar o livro, confesso, e acredito que minha maior resistência na Alemanha foi achar que não seria capaz de aprender aqueles palavrões bizarros que eu via nas placas. Porque assusta, sabe? Mas resolvi encarar o desafio só pra ver e descobri que estou amando a experiência. Lidar com línguas sempre foi algo que gostei muito. E alemão está sendo um aprendizado delicioso. Saber inglês ajuda por algumas palavras serem ~parecidas~ e o fato de ter morado lá me ajudou um pouco com o vocabulário né, mas me sinto uma criança de cinco anos aprendendo de novo e fico tudo, menos transtornada com isso. É tão bom quando a gente é surpreendida por coisas difíceis e se sentir capaz, né? Me sinto assim todo sábado.

Como a gente se sentia vendo as propagandas em alemão

Estou me dedicando a essa língua com uma alegria imensa. Pedi pro meu namorado (voltamos! <3) me passar algumas revistas em quadrinhos (melhor jeito de aprender) e alguns materiais de apoio na internet. Ele me ajuda com o maior gosto e todo sábado faz questão de perguntar "o que aprendeu hoje, Lari?". Outro amigo alemão meu me dá o maior apoio e sai falando em alemão loucamente comigo achando que já sou a mestre das artes alemãs. HAHAH Tudo isso sem perder o humor. Tô amando de verdade e peguei até uma novelinha alemã lá no curso pra fazer uma imersão. 

Se vocês me perguntarem o que me motiva, lhes respondo: o universo da comunicação. É maravilhoso, gente. Tô eufórica. Minhas amigas sabem que eu sou a pessoa de exatas mais de humanas. Quero espanhol, italiano e francês na minha vida ainda. E muitas línguas mais. Quanto mais melhor. Nada como chegar em um lugar e se sentir abraçado pela língua (tipo como me sinto com o  inglês). Claro que ter namorado alemão, amigos alemães e perspectiva de trabalhar com algo por lá de novo ajudam, mas nada como a realização pessoal de saber que você consegue. 

Musiquinha pra embolar a cabecinha de vocês

8 comentários:

  1. Mas seu namorado não era Polonês? Ou eu que fiquei louca e enfiei na cabeça que ele era polonês? Hahahahaha de qualquer modo, se vocês voltaram e você tá feliz com isso, que bom! Eu sou apaixonada por alemão desde a minha época de groupie de Tokio Hotel, inclusive uma vez comprei um dicionario alemão-português pra tentar aprender sozinha, mas não rolou! Eu também amo línguas e apesar de querer terminar meu curso de inglês na cultura inglesa, quero muito muito muito mesmo voltar a estudar japonês que é a minha grande paixão - empata até com inglês!! - quero muito conhecer a Alemanha um dia e aceito dicas de lugares pra conhecer tá? hahaha

    Boa sorte no curso! Que essa empolgação perdure!

    Beijos (;

    ResponderExcluir
  2. Nossa Larie, fiquei com vergonha de mim mesma agora. Eu comecei o curso de francês logo quando entrei na faculdade, na maior empolgação. Sempre foi a língua que eu mais quis aprender. No começo foi bem legal mesmo, mas a motivação foi embora tão rápido! Isso de me sentir com cinco anos, ao invés de me estimular com a ideia de que tenho um mundo novo pra descobrir, me deixa sempre muito frustrada. Até comentei na Máfia que sempre que resolvo me forçar a falar um pouquinho na sala de aula, fora das repetições obrigatórias, sinto que estou dizendo tudo errado e que minhas frases soam como "mim quer isso" "mim quer aquilo". Cada prova é um sofrimento especial, principalmente agora porque temos redações obrigatórias que deixam eu me sentindo mais analfabeta ainda, aí nem sobra muita motivação pra estudar de verdade. Contribui um pouco o fato do material que meu curso usa ser bem chatinho e repetitivo, mas sabe quando cê não tem vontade MESMO de aprender aquilo? :(

    Não vou largar porque falta um ano e pouquinho pra eu me formar e acho um desperdício morrer na praia assim, até porque é meu pai que paga o curso, mas ó, seu post super me deixou com vontade de voltar a me dedicar ao idioma. Quem sabe agora eu não assisto finalmente àquelas séries que baixei, e começo a ler os quadrinhos do TinTin no original? (me falaram mesmo que quadrinho é a melhor coisa!)

    Enfim, boa sorte com os estudos e não faça como eu, haha, não deixe a chama apagar!
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Larie, amiga, que legal que tu tá fazendo alemão! Eu não tenho muita vontade, confesso, mas admito também que é porque acho a língua extremamente difícil. É uma daquelas em que tudo é complicado, sabe? Ouvir, falar, escrever... Morro de medo. Mas ter o Oli é um estímulo e tanto, né? haha Além de você ter uma pessoa que tem domínio pra treinar sempre que precisar. Torcendo pra você desenrolar logo e daqui a pouco estar fera <3 Te amo!

    ResponderExcluir
  4. Que incrível, amiga! Eu quero focar no Francês agora e depois no Alemão. Espero ficar tão empolgada quanto tu. Depois vou pedir dicas. Hahahah
    Beijos! <3

    ResponderExcluir
  5. Alemão é uma das línguas que eu sempre quis falar, mas nunca tive coragem de aprender. Me formei no inglês e a ideia de entrar no curso dessa língua enrolada começou a latejar na minha mente, mas eu tenho tanto medo dela (pois é) que já pensei em trocar pelo Francês ou pelo Italiano. Um amigo meu começou a fazer o curso e veio me dizer que está há dois anos na parte básica, e aí eu broxei de vez, mas seu texto me fez sentir um pouquinho mais animada, quem sabe agora eu fecho os olhos e me jogo, ahahaha.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Te direi uma coisa: a família do meu namorado é alemã (MESMO!) e às vezes não entendo absolutamente nada do que eles falam, hahahaha Fico no modo "sorria e acene" de ser até que falem português novamente.

    Mas dá vontade de aprender mesmo. Pena que não tenho tempo pra isso agora.

    Porém, conta mais sobre essas aulas, guria!

    Beijos! ;*

    Wink

    ResponderExcluir
  7. Alemão é hard, uma amiga minha faz faculdade. Mas eu não posso falar nada porque meu sonho é ir pra Rússia falando russo, então né... hahaha
    Boa sorte nos seus estudos, pelo que parece rapidinho vc vai estar fluente!
    http://umaallien.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Simplista, adorei passar por aqui ;)
    Me faça uma visita rs
    http://eloavinhal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Meu estágio, minha vida

Há cerca de dois ou três anos eu costumava escrever bastante sobre os sufocos que passava na universidade. Falava muito sobre minhas dúvid...