terça-feira, 5 de agosto de 2014

Inferno astral

O inferno astral é implacável quando chega. Não importa o quão feliz você esteja num determinado momento, ele vem como uma nuvem negra e paira sobre alguns dias antes do seu aniversário, fazendo a vida parecer uma grande piada do universo. 

Se num momento estou mandando mensagens apaixonadas e pulando ondinhas, no outro estou anestesiada por palavras que põem um ponto final numa história a dois e levo uma rasteira de uma onda que me torce o tornozelo. E o que eu posso fazer? Nada. Tenho que esperar pacientemente esse buraco negro sair de perto de mim e pedir que ao universo que pegue mais leve.

Odeio sentir que as rédeas não estão em minhas mãos.

Um comentário:

  1. Mas as rédeas estão, Larie. Apesar de não parecer. A forma como você olha pros acontecimentos interfere em toda a sua vida. Já parou pra pensar nisso?

    Fique bem, amora.

    ResponderExcluir