sábado, 12 de julho de 2014

Try your best and think about it later

Não sei qual é a relação de vocês com o universo, mas se tem uma coisa que me deixa com a pulga atrás da orelha é quando a vida começa a dar certo demais pra mim. Não que eu seja azarada ou algo do tipo, até porque já torci o tornozelo duas vezes e soube tirar o lado bom disso, mas me assusta muito ver mudanças tão boas e tão repentinas na minha rotina do jeito que tem acontecido desde que julho começou. Não tô sabendo lidar com as novas informações. Se uma hora o sorriso no meu rosto é o maior do mundo e pode ser enxergado há 1 km de distância, na outra eu começo a ficar nervosa e achar que qualquer coisinha pode dar errado. E é assustador, gente. Estou precisando colocar isso pra fora porque guardar tá me fazendo ter crises e mais crises de ansiedade. Cansei de passar noites em claro. Sei que é normal achar que uma coisa tão boa não pode nos acontecer assim, do nada. Sei também que é normal achar que a gente não merece o que tá recebendo, mas eu queria pelo menos uma vez na minha vida aceitar que pode dar certo e que eu fiz por onde merecer. E que essa fixação toda com o que pode dar errado não vai mudar as condições que Deus me reserva. É pedir demais?

Eu só quero relaxar e poder seguir minha vida em frente sem ser tão negativa assim. Só isso. E que, pelo menos, eu possa curtir esse momento de alegria com todos os pensamentos bons que eu puder ter.



Não sei mais escrever posts coerentes, principalmente no calor do momento, mas me desejem sorte que eu desejo em dobro pra vocês. ♥

9 comentários:

  1. Sou desconfiada da sorte também.
    E ó: a gente tem de ser mesmo, porque a vida é imprevisível e é bom estar preparado para as rasteiras que ela dá. Mas te desejo tudo de bom, guria! Que sua boa fase perdure.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Costumo duvidar da sorte, também sempre acho que algum ônus poderá surgir de uma maré tão benéfica. Mas a gente precisa tentar ser menos pessimista, não acha? Eu já fui muito mais pessimista. O universo, para mim, é regido também por essa lei da atração de bons pensamentos que refletem em bons acontecimentos.
    É uma ilusão boa a se pensar.
    Beijão.

    ResponderExcluir
  3. Talvez a grande sacada do universo seja essa noia que a gente cria na nossa cabeça quando as coisas estão indo bem demais. Essa pontinha de medo que faz a gente ficar ansiosa e impede que a gente aproveite ao máximo as boas fases. Mas Larie, relaxa. Também desconfio de tudo que vem fácil demais, mas às vezes a gente merece, né? Por esforço e merecimento!

    palavras alienadas

    ResponderExcluir
  4. Nossa, sei muito bem como você se sente! Essas férias tavam sendo muito boas para serem verdade, aí fiquei doente. E ainda estou. Mas nao deixei isso atrapalhar o final das minhas férias. Ok que me lasquei muito no final mas é a vida. Mas você tá certa, precisamos tirar o proveito das coisas, tanto boas quanto ruins. E se não conseguir, manda um 'foda-se' para o problema e vá ser feliz.

    Um beijo e que você aproveite pacas esse mês de julho :3

    ResponderExcluir
  5. Também sou dessas. Quando tudo tá muito bom começo a desconfiar até da minha sombra! Mas queria mesmo era saber o que foi que aconteceu pra vc ficar tão feliz! Foi o intercâmbio que deu certo? Estou curiosa!!!! Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Eu também sou assim, Larie. E to começando a achar que todo mundo é, viu?
    É normal! É só não deixar o pessimismo tomar conta.
    Te desejo tudo de bom, sempre. E que tu aproveite muito bem essa nova fase.
    Beijo! <3

    ResponderExcluir
  7. Acho que a vida é uma montanha russa mesmo... aproveite quando você estiver no topo!

    ResponderExcluir
  8. Acho perfeitamente compreensível, Larie. Tenta focar nas coisas boas e viver o momento, aproveita. ♥

    ResponderExcluir
  9. Eu sou tão imediatista que só consigo ver as coisas boas do momento, mesmo quando é quase certeza que vem uma bomba logo atrás. Nem o meu extremo nem o seu são bons, mas eu bem sei que é muito difícil evitar, né? De qualquer forma, eu sei que vai dar tudo certo e desejo que você aproveite o máximo possível.

    Beijos <3

    ResponderExcluir

Meu estágio, minha vida

Há cerca de dois ou três anos eu costumava escrever bastante sobre os sufocos que passava na universidade. Falava muito sobre minhas dúvid...