sábado, 16 de junho de 2012

A menina que roubava livros - um desabafo

Há mais ou menos 5 meses comecei a ler A menina que roubava livros. Estava de férias e, depois de ler dois livros da minha querida Meg Cabot, resolvi dar a vez a esse livro. Levei em consideração que só tinha ouvido coisas boas dele como "Ah, o livro é brilhante", "Ah, o livro é maravilhoso", "Ah, o livro é lindo" e assim fui. Só que a leitura, no começo do livro, é tediosa e por isso prossegui até mais ou menos a página 180 e parei de ler. Recentemente, com esse negócio de greve e tudo mais, na minha preguiça de estudar os assuntos da faculdade (shame on me), resolvi retomá-lo. Continuei de onde tinha parado e estava achando-o uma delícia, lá pela metade, mas não sei o que aconteceu. Em algum momento a leitura começou a me saturar, comecei a ficar angustiada novamente, doida para que o livro acabasse logo. Sinceramente, não sei o que acontece. A leitura tem uns altos e baixos bem distintos. Há horas que a leitura convém e flui perfeitamente, mas outras que me desce quadrado. Já pensei em largá-lo diversas vezes, mas antes que vocês, amantes da história da Dona Morte, queiram me apedrejar, saibam que não irei largar o livro, até porque estão faltando apenas 100 páginas para terminar. Acho até que seria um disperdício com a história de Liesel Meminger que, afinal, é uma personagem cativante. Já me perguntei se não esperei demais do livro depois de tanta propaganda, mas acho que não. Minhas amigas da faculdade, leitoras assíduas, não aguentaram passar do primeiro capítulo, depois que comentei do livro mês passado. Vai entender...

Quem sabe ele ainda me surpreenda com um gran finale...

daqui

4 comentários:

  1. Fiquei meio 'assim' até mais da metade do livro. Porém, a história tem lá seu lado charmoso e atraente. Acho que vai gostar sim, ótima leitura!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não o li, acho que sou uma das poucas pessoas no universo que não sabe da estória da Dona Morte, Liesel e enfim. Mas, tenho muita vontade, porque como você mesma disse, MUITA gente fala super bem dele, já li/ouvi altas críticas positivas sobre e eu tenho que conferir. O autor já me cativou com Eu Sou O Mensageiro, se A Menina que Roubava Livros for tão bom quanto, ou melhor, como dizem, com certeza irei gostar. :3
    Beijo, Larie!

    ResponderExcluir
  3. MENINA VOCÊ VAI ADORAR ESSE LIVRO. *---*
    De inicio a leitura é chata mesmo, tem alguns pontos que a história fica sem graça.
    Leia com sentimentalismo e pense que aconteceu de verdade. Afinal Hitler de fato existiu e muita gente (principalmente os judeus) sofreu.
    Você vai ver o quanto é lindo.
    O Final é agridoce só isso que digo.

    ResponderExcluir
  4. Também, não gostei do livro, achei um tédio!
    http://sweetdreamssah.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Meu estágio, minha vida

Há cerca de dois ou três anos eu costumava escrever bastante sobre os sufocos que passava na universidade. Falava muito sobre minhas dúvida...